Blog do Nel

I'm only half a body without your embrace.

Herbert Richers morre aos 86 anos



Morreu na madrugada desta sexta-feira, aos 86 anos, Herbert Richers. Dono de uma das principais empresas de dublagem do Brasil, a Herbert Richers S.A., o produtor de cinema estava internado desde o último dia 8 no CTI da Clínica São Vicente, na Gávea. Herbert Richers sofria de problemas renais há cerca de um ano.

O corpo de Richers será velado das 14h às 16h na Capela 1 do Cemitério Memorial do Carmo, no Caju, Zona Portuária do Rio, e cremado logo em seguida. A cerimônia é restrita à família, pessoas próximas e funcionários.

- Foi com ele que comecei a trabalhar com dublagem, foram 50 anos juntos. Ontem pensei tanto nele... - contou emocionado o ator Orlando Drummond, o Seu Peru da "Escolinha do Professor Raimundo", dublador de personagens famosos como Scooby-doo, Popeye e Alf, o ETeimoso - Herbert foi um lutador, é uma perda irreparável para o mercado de dublagem.

Guilherme Briggs, que empresta sua voz há mais de 14 anos aos mais diversos personagens - como o Buzz Lightyear, de "Toy story" - revelou-se chocado com a notícia da morte de seu patrão.

- Era um senhor de idade, mas mesmo assim não conseguia acreditar quando soube da notícia. Desde criança eu associo o nome dele à dublagem.

Herbert Richers nasceu em Araraquara, São Paulo, em 11 de março de 1923, e se mudou para o Rio de Janeiro em 1942. Em 1950, fundou a Herbert Richers S.A. uma das pioneiras do ramo de dublagem de filmes e seriados no Brasil. Herbert Richers viu seu nome invadir os lares brasileiros com o anúncio "versão brasileira: Herbert Richers" veiculado antes dos filmes que dublava. O produtor deixou viúva a designer de jóias Cookie Richers e três filhos, Herbert Jr., Ronaldo e Celina.

Fonte: O Globo.

As melhores dublagens foram feitas por essa empresa. Deixou um grande legado à população brasileira e ao mundo, pois devido a ele o Brasil hoje é um dos países com melhor dublagem no mundo.
Afinal de contas, quem nunca assistiu um filme que tivesse o aviso: “Versão brasileira: Herbert Richers.”?

0 Comentários:

Postar um comentário

Olá! Como vai? Aqui é o Nel.

Eu gosto de conhecer meus leitores, então se você não tiver perfil em alguma conta abaixo , por favor, escolha a opção "Nome/URL". E em "URL" você pode colocar o link do seu perfil no Twitter, por exemplo.

Obrigado por comentar! Volte sempre.