Blog do Nel

I'm only half a body without your embrace.

Fabricante de cigarros terá que pagar US$ 300mi a ex-fumante



A Philip Morris, maior fabricante de cigarros dos EUA, foi condenada por um Tribunal da Flórida a pagar US$ 300 milhões a uma ex-fumante americana, segundo matéria publicada nesta sexta-feira no site do jornal espanhol El País. De acordo com a reportagem, Cindy Naugle, 61 anos, está em uma cadeira de rodas devido a um enfisema pulmonar. Do total da indenização, US$ 56,6 milhões serão para despesas médicas, passadas e futuras, e US$ 244 milhões para compensar os prejuízos que ela sofreu.

A beneficiada com a ação, Cindy Naugle, 61, que alega estar em uma cadeira de rodas devido a um enfisema pulmonar, começou a fumar em 1968, quando ela tinha 20 anos de idade. Segundo o seu advogado, em entrevista à Bloomberg, ela começou a consumir tabaco porque queria ter aparência de uma pessoa mais velha.

A empresa disse que vai recorrer da decisão, alegando que o juiz do caso teve várias falhas, segundo o porta-voz da Philip Morris, Murray Garnick. A luta de ex-fumantes contra as fabricantes de cigarros começou com Howard Engle, que se tornou referência ao ganhar uma batalha na Justiça, representando mais de 50 mil pessoas com doenças causadas pelo tabagismo. Foi até hoje a maior indenização da história dos Estados Unidos, US$ 145 bilhões.

Fontes: O Globo e Portal Exame

Tudo bem ela ficou na cadeira de rodas e tudo mais, mas a empresa não a obrigou a comprar o cigarro. Todos nós sabemos desde crianças que cigarro faz mal à saúde, fuma quem quer. Já pensou se todo mundo inventa de cobrar indenização por um mal que o cigarro causou, sendo que todos nós somos cientes desse mal?

0 Comentários:

Postar um comentário

Olá! Como vai? Aqui é o Nel.

Eu gosto de conhecer meus leitores, então se você não tiver perfil em alguma conta abaixo , por favor, escolha a opção "Nome/URL". E em "URL" você pode colocar o link do seu perfil no Twitter, por exemplo.

Obrigado por comentar! Volte sempre.